Notícias

Notícias

nov 19, 2020

Em segundo painel, Conex realiza debates sobre finanças

Realizado pelo IEL-PE na última quarta-feira (18), o segundo painel do Conex contou com três dos principais nomes do ramo das finanças do País. Teco Medina, Sandro Magaldi e Thiago Nigro palestraram sobre planejamento financeiro, transformação da cultura do negócio e alternativas para rentabilizar e pulverizar os investimentos mesmo em período de crise. Em três horas de evento on-line e ao vivo, os participantes viram como as metodologias podem ser aplicadas à prática. Em dezembro, os participantes terão ainda mais um encontro. Dessa vez, sobre empreendedorismo e negócios, com Caíto Maia, Cris Arcangeli e Camila Farani. Será no dia 10 de dezembro, às 19h.

A primeira palestra foi a de Teco Medina, em que ele trouxe questionamentos sobre a relação entre dinheiro e felicidade. “Podemos dizer que dinheiro não traz felicidade, mas a falta dele gera impasses como divórcio, estresse. Por isso que é importante que as pessoas estejam preparadas para as adversidades e a única maneira de fazer isso é gastando menos e poupando mais”, disse, frisando que não há segredo para concretizar o planejamento financeiro: “Pode ser numa planilha de Excel ou num saco de pão. O importante é otimizar seus gastos”, destacou.

Já Sandro Magaldi ponderou sobre os propósitos das pessoas enquanto empreendedoras. “Qual o objetivo da sua vida? Como eu construo um proposito para a minha empresa? Isso acontece quando as competências da sua empresa encontra uma demanda real da sociedade”, afirmou. A palestra do Magaldi foi baseada no tema ‘transforme a cultura do seu negócio ou morra’.

O momento mais aguardado da noite foi a palestra de Thiago Nigro, idealizador do projeto “O Primo Rico”, canal do YouTube sobre finanças. Durante a sua apresentação, Nigro falou da importância de se preparar para o momento de instabilidade financeira, como o que estamos vivendo neste momento com a pandemia no novo coronavírus. “A perda acontece. Mas é preciso investir com dinamismo para evitar frustações maiores”, revelou, aconselhando que as pessoas passem a apostar na dinâmica da pulverização dos investimentos, aplicando em real estate, ativos internacionais, poupança, ações e negócios.

Compartilhe
compartilhe