Notícias

Notícias

dez 11, 2020

Terceiro painel do Conex encerra ciclo de sucesso do evento

A terceira e última noite do Conex contou com a participação de grandes nomes do empreendedorismo nacional. Camila Farani, Caito Maia e Cris Arcangeli foram os convidados da noite, que conversaram com o público sobre inovação, marcas memoráveis e sobre como vencer os tubarões do mercado. O evento foi transmitido on-line e ao vivo da Casa da Indústria, nesta quinta-feira (10).

Conhecida por ser uma investidora anjo em série, Camila Farani conversou sobre como ter atitude é importante para o sucesso do negócio. Isso porque Camila ousou no começo da sua carreira, quando propôs uma sociedade com a mãe e estabeleceu metas para os negócios.

Com 21 anos, ela sugeriu um aumento em 30% das vendas em um mês em troca de uma pequena participação na empresa. “Eu consegui 28%, com o Iced Coffee, não atingi a meta, mas, uma coisa eu te digo, ter atitude mudou a minha vida”.

Em seguida, foi a vez de Caito Maia participar. Maia é fundador e CEO da Chilli Beans e falou sobre a sua trajetória no mercado, desde quando decidiu apostar na venda de óculos, comprando alguns na Califórnia e revendendo no Brasil, até se tornar dono de um dos negócios mais promissores do mundo.

Com mais de 800 pontos de vendas, o empresário falou sobre como concretizou os seus sonhos participando de todos os níveis da empresa, mostrando as ações de marketing, produtos inovadores e o Market share do seu produto no Brasil.

Encerrando a noite, Cris Arcangeli conversou com a plateia virtual sobre a criação de marcas de sucesso. “Inovação surge com observação. Os grandes observadores antecipam tendências e impulsiona o crescimento do seu negócio”, destacou, frisando que apostar num determinado negócio não pode estar associado à moda do momento, mas no quanto a inovação será importante para atravessar gerações.

A empresária entende do assunto e negócios duradouros, pois ela foi uma das responsáveis pela consolidação da Phytoervas, empresa criada na década de 80 e que geriu até 1998. Atualmente, a empreendedora serial é CEO da empresa de cosméticos Beauty’in e é sócia do fundo de investimento Phenix

Compartilhe
compartilhe